Paralelo a reunião sobre saneamento básico na área urbana, no dia 05/11, acontecia também na Comunidade da Jacutinga que está situada a 12 km da cidade.

O local escolhido foi a Igreja da Comunidade da Jacutinga II e contou com a participação dos moradores das três Jacutingas (I, II e III), Comunidades de Urupuca e Pedra Azul.

Os principais relatos dos moradores com relação às dificuldades enfrentadas é a falta de água que vem afetando a população há aproximadamente quatro meses, em função, principalmente, da falta das chuvas, desmatamentos, atividades de mineração, queimadas e entre outros.

As comunidades de Franciscópolis, de um modo geral, não adquirem tecnologia para armazenamento de água, algumas famílias, possuem a caixa de recolhimento da água das chuvas, projeto do Governo Federal - Água para Todos, porém, não é o suficiente para abastecer as famílias durante todo o período de seca.

Outra questão discutida foi a destinação inadequado do lixo que, as vezes, é queimado ou deixado a céu aberto e consequentemente tem como destino o leito do rio.

Os delegados escolhidos para a participar da elaboração do plano municipal de saneamento básico representando as comunidades foram: Josiane Ferreira dos Santos e Leandro Gomes Antunes.

Exibições: 62

Responder esta

Este deve ser um espaço de interação e troca de experiências entre os participantes da Rede de Jovens Comunicadores do Semi-árido Mineiro.

© 2018   Criado por Oficina de Imagens.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço