Pelo Polo da Rede de Mata Verde

A nova nomeação de coordenador Municipal de Cultura trouxe para Mata Verde uma nova visão cultural. Pode-se perceber em Mata Verde uma decadência cultural muito grande, a cidade é reconhecida apenas pelo melhor São João da região, quando na realidade tem muito mais a oferecer, como artesanato, poetas consagrados, artistas plásticos, entre outros.

Ramon Alves Dias conhecido como RAD é formado em Serviço Social, tendo como outras experiências profissionais, fotógrafo, designer, professor de história, coordenador do PROJOVEM e instrutor da FAMAVE (Fanfarra de Mata Verde). Nascido em Vitória da Conquista, Bahia, Rad vem de uma família de músicos, foi contrabaixista numa banda de rock (Banda Artéria), é artista plástico com quadros que retratam a realidade do homem sertanejo e também participante assíduo do FESTIVALE levando poesias e musicas ao evento.

Ramon nos conta que seu maior desafio é disseminar o conceito correto de cultura em Mata Verde é revela a sua maior dificuldade até o momento “A minha maior dificuldade enfrentada até agora é a falta de compreensão das pessoas, do valor que a cultura tem para o município”. O bacana é que para Ramon, coordenar a cultura em Mata Verde é exatamente um de seus sonhos, estar a frente de projetos que vão recuperar as raízes da cidade.

“Pensar em cultura de uma forma mais especifica, entendendo cultura como um conjunto de fatores que dão origem a nossa forma de ser e de viver”.

RAD.

  

Exibições: 354

Responder esta

Respostas a este tópico

Não tinha ninguém que melhor se encaixava nesse tipo de ação! RAD é o cara!!! :) :) :)

é isso ai, a cultura em nosso cidade precisa ser valorizada, e concordo com a afirmação sobre "falta de compreensão das pessoas, do valor que a cultura tem para o município” mas RAD vai mudar td essa realidade!!!

Desejo muito sucesso na trajetória do Ramon. Espero que a cutlura de Mata Verde ganhe muito com essa nova coordenação!

Responder à discussão

RSS

Este deve ser um espaço de interação e troca de experiências entre os participantes da Rede de Jovens Comunicadores do Semi-árido Mineiro.

© 2022   Criado por Oficina de Imagens.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço